Fotos

Fotos - 19/08/2017

Delegado Aristóteles Tavares recebe placa de homenagem em sessão solene pelos 22 anos da Ciopaer

TEXTO: +A -A

A Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Ceará (Adepol/CE) parabeniza todos os integrantes da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) pelos 22 anos de compromisso com a sociedade cearense. A Diretoria da Adepol/CE se orgulha, ainda, da dedicação e representação da Polícia Civil junto a Ciopaer, através dos delegados Aristóteles Tavares, Francisco Alves de Paula e José Fernandes Vieira Júnior.

E, na tarde dessa sexta-feira (18), seguindo requerimento do deputado estadual Capitão Wagner, os integrantes foram homenageados em sessão solene realizada no Plenário 13 de Maio da Assembleia Legislativa. Durante o discurso, o parlamentar destacou o importante papel da Ciopaer nas operações preventivas, repressivas e de busca e salvamento realizadas no Estado. Ainda na sessão, recordaram os nomes dos integrantes da Ciopaer que perderam a vida durante uma missão em 2005 (major PM Lindemberg, major do Corpo de bombeiros Busson e o sargento PM Pacheco).

“Crescemos nesses 22 anos e buscamos sempre nos aprimorar para melhor servir a nossa população”, com essas palavras o coordenador da Ciopaer, delegado da Polícia Civil Aristóteles Tavares Leite, agradeceu a homenagem e lembrou a importância de todos aqueles que passaram pela instituição e ajudaram a construir seu “caminho vitorioso”.

Tavares lembrou que atualmente a Ciopaer tem a 4ª maior frota do país, e destacou o investimento feito pelo Governo em equipamentos de ponta, o que tem permitido oferecer um serviço de qualidade à população cearense, além do treinamento constante realizado com os colaboradores. O coordenador também anunciou a aquisição de duas novas aeronaves, possibilitando assim, que todo o Ceará seja atendido em, no máximo, 30 minutos.

Além do coordenador da Ciopaer, delegado Aristóteles Tavares Leite, também foram homenageados, com a entrega de placas, o cabo da Polícia Militar (PM) Paulo Alexandre do Nascimento Moura; os primeiros-sargentos da PM Francisco Cláudio Dias de Sousa, João Rodrigues da Silva Filho e Marcos

Alexandre Pereira ‒ este último representado pelo major Marivaldo Barreto ‒; o terceiro-sargento PM Aglady Colares Lima e o major PM Sílvio Marcos Santos Assunção, que foi representado pelo tenente-coronel Geraldo de França Júnior.