Notícia

Notícia - 01/12/2017

Adepol/CE apoia campanha contra o abuso sexual no transporte coletivo

TEXTO: +A -A

A Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Ceará (Adepol/CE) está entre os parceiros que apoiam a campanha contra o abuso sexual no transporte público. E, nessa quarta-feira (29) a delegada Jeovânia Holanda, vice-presidente da entidade, representou todos os delegados da Polícia Civil cearense, na abertura da campanha realizada no Tribunal de Justiça do Estado do Ceará.  

A Adepol/CE já é referência no Estado em ações contra a violência doméstica, sendo a delegada Jeovânia Holanda, a idealizadora do projeto “Em Defesa da Paz”. O “Em Defesa da Paz” expõe aos participantes, de forma gratuita, aulas teóricas e práticas, pontuando detalhes da Lei Maria da Penha e aulas técnicas de defesa pessoal. E, nesta ocasião, com o lançamento da campanha contra o “Abuso Sexual”, a Adepol/CE já se mostra interessada, também, em ampliar esse acompanhamento às vitimas desse crime, que acontece não somente no transporte coletivo, mas nas ruas e às vezes até na empresa. A entidade visa disponibilizar o atendimento jurídico, psicológico e social.

Cartazes foram anexados nos 2.400 coletivos que circulam pela capital. A mensagem é bem significativa para às vítimas e, severa e direta ao aproveitador da situação inoportuna – “Abuso Sexual Não Tem Desculpa, Tem Lei”, a outro texto diz que, “Vergonha tem que ter o Abusador”, encorajando assim a vitima a denunciar qualquer ato que a desabone.   

No lançamento também houve mobilização da equipe do Juizado da Mulher nos terminais da Parangaba e do Papicu, com distribuição de panfletos e orientações sobre o abuso. Centros universitários, como a UNI7 e Farias Brito distribuíram panfletos e fixaram cartazes e debateram o tema em sala aula. Com adesão à campanha, a UNI7 inaugurou um projeto de extensão de estudos e defesa dos direitos das mulheres no Centro Universitário. O projeto é aberto a todos os cursos e será orientado pela Profa. Jeovânia Holanda, professora do Curso de Direito, Delegada da Polícia Civil e pesquisadora em temas relacionados à violência contra a mulher.

As denúncias de abuso sexual podem ser realizadas na Central de Atendimento à Mulher (Disque 180), Polícia Militar (Disque 190), Delegacia da Defesa da Mulher (Disque 3101.2495) e Central de Referência da Mulher (Disque 3105.3516).